Código ANEEL: 393-0007/2013

Titulo do Projeto: Desenvolvimento de Metodologia de Precificação do Espaço dos Reservatórios de Geração de Energia Elétrica para seu Uso como Área de Servidão (Dutos)

Objetivo: Desenvolvimento de uma metodologia capaz de precificar o uso consorciado do espaço dos reservatórios e de empresas de geração de energia elétrica na servidão de dutos, considerando aspectos econômicos, ambientais, os riscos e impactos de eventuais acidentes. A metodologia será aplicada em um estudo de caso definido conjuntamente com a EMAE e de conhecimento da ANEEL.

Síntese: A precificação do risco pode ter abordagens estatísticas ou subjetivas quando se tem dados probabilísticos sobre riscos e impactos, as abordagens estatísticas fornecem resultados robustos e confiáveis. Entretanto, na busca de incorporar informações qualitativas e quantitativas e compará-las entre si através da definição de critérios e pesos, alguns riscos de acidentes em dutos podem ser estimados conforme o tipo de projeto, construção e operação.

Esta proposta estará embasada na avaliação multiobjetiva e criterial e na tabulação dos valores ranqueados pela análise, que contempla em grande parte aspectos qualitativos, em que os valores para uso das áreas de reservatórios serão avaliados (precificados), seja por meio de comodato ou locação, em razão do risco potencial de ocorrência e do grau de impacto ambiental nas áreas de manancial caso venha a ocorrer algum sinistro.

A partir do desenvolvimento deste Projeto, espera-se que a metodologia seja aplicável para outras empresas do setor elétrico e que passam pelas mesmas dificuldades enfrentadas pela EMAE para valorar a sessão de uso do espaço físico do reservatório ou área adjacentes a ele, para sediar um duto ou poliduto com um potencial risco de ocorrência de sinistros, o que preocupa muito caso esses eventos possam vir a ocorrer. É preciso avaliar o risco não só da poluição das coleções hídricas, mas também os impactos financeiros causados pela paralização da geração de energia elétrica, além de se considerar a polêmica do risco de transporte de combustíveis em áreas de mananciais, e na ocorrência de sinistros como ter garantias financeiras e técnicas até que as condições ambientais do local sejam controladas e estabelecidas à normalização da operação, os resultados e produtos dessa pesquisa poderão ser disponibilizados para outros interessados.

Prazo ação: 20 meses

Data Início: 02/09/2013

Data Término: 01/05/2015

Entidades Parceiras: Fundação Universidade do ABC - UFABC e Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa - FUNDEP